quinta-feira, 13 de julho de 2006

Unicamente Meu

O sol ilumina a rosa de cristal
E seus reflexos iluminam toda sala
Os espelhos propagam essas luzes no quarto
E toda tua casa está iluminada

Ando sobre a grama do teu jardim
E vejo as aves voando livremente
E vejo que seus ninhos estão cheios de passarinhos

Deito na grama e vejo o fim da tarde passando por meus olhos
Vejo o pôr-do-sol ao som de nossa música
Penso no teu rosto e vejo-te em meus pensamentos
Que falta me faz o seu abraço, que falta você me faz

Mesmo sabendo que nos conhecemos de um modo tão louco
E há tão pouco tempo
Devo confessar,adoro falar com você
Você é tão espontâneo e tão engraçado
É, acho que estou gostando muito de você!

É como se eu já lhe conhecesse
Pois mesmo sem nunca ter te viso
Nunca ter te tocado
Sei que você é uma pessoa muito humana
Preocupado com o bem estar do próximo
Nossa,você é tão cativante!

Confesso,que ainda estou aprendendo á amar
E saiba que pretendo sempre zelar por você
Mesmo que seja só uma amizade
Saiba que estou adorando ser seu amigo

Você é uma pessoa muito determinada
Nossa,você é uma pessoa muito especial
Não sou para mim,para a humanidade
Você é unicamente meu.

Victor Carregosa ( 07/05/2006)

Nenhum comentário: