quinta-feira, 20 de julho de 2006

O Tao

Caminho absoluto
Do ser e do espírito
Música que ilumina
Verdes dias
De rosas nuvens
Onde toda a magia
Se mostra serena
No silêncio de ouvir.

Na ação de criar
Os opostos inseparáveis
Tal como o dia
Tal como a noite
Tudo inspira
Seja ao léu,
Esteja no céu,
A felicidade eterna.

Mas o simples o conduz
E os olhos janelas da alma,
Vêem o infinito sertão
Como quem transcende a matéria
E aquilo que somos
Tal como tudo está posto,
Inacabado
Tal isso n...


(12/06/06)

Nenhum comentário: